No dia do servidor público, governo do RS quita boa parte dos salários

28/10/2020

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentando, barba e área interna

O governo do Estado anunciou, nesta quarta-feira, data em que é comemorado o Dia do Servidor Público, o calendário de pagamento da folha de outubro do Poder Executivo. Nesta sexta-feira, 30/10, o Tesouro do Estado deposita parcela no valor de R$ 4,8 mil a todos os servidores. Dessa forma, o governo quita os salários de mais de 79% dos vínculos. De acordo com o governador Eduardo Leite, com o pagamento dos demais 20% dos vínculos com seis dias úteis de atraso, esse será o calendário com menor atraso da atual gestão.

Fonte: Agência RS

Governo do RS anuncia R$ 150 milhões para pagamento de prestadores de

28/10/2020

O governo do Rio Grande do Sul anunciou hoje que vai destinar R$ 150 milhões em recursos extraordinários a prestadores do IPE Saúde. Nos próximos três meses, os recursos vão ser destinados exclusivamente a pagamento de contas ambulatoriais, serviços complementares e internações. Para colocar em dia os pagamentos junto a hospitais, clínicas e demais serviços credenciados para atendimento dos segurados, o Palácio Piratini informa que o instituto teve crescimento de R$ 250 milhões em arrecadação em relação ao ano passado.

Ao confirmar a liberação dos recursos, o governador Eduardo Leite afirmou que o Estado está ‘em franco processo de ajuste de caixa dos pagamentos’ e que trabalha para voltar a pagar o salário dos servidores na data correta. Ele destacou que o ‘descontingenciamento para os próximos três meses do orçamento do IPE Saúde, com seus valores’, vai permitir o pagamento extraordinário. “Muitos prestadores de serviço para o IPE Saúde estão enfrentando dificuldades, agravadas até pela pandemia, ameaçavam, tinham dificuldades na prestação de serviços por conta deste tempo para receber do IPE Saúde o pagamento para os serviços prestados, que chegava a 90 a 120 dias o pagamento em alguns casos”, afirma.

Agora, com esses recursos, distribuídos em R$ 50 milhões por mês de cota extra mensal para o IPE Saúde, o governo pretende viabilizar o pagamento de acordo com o prazo contratual de até 60 dias. Leite também lembrou que o pagamento de cotas patronais – referentes a parcelas do Estado – estavam atrasadas de outros governos e ‘consumiram recursos do IPE Saúde’. O governador garantiu que a saúde já recebe em dia os pagamentos na área da alta complexidade, nas parcelas de responsabilidade do Estado. “Vamos promover esse ajuste também de fluxo de caixa do IPE e trabalhamos para que justamente gerando as receitas extraordinárias viáveis possíveis para adimplir Estado com suas obrigações do passivo que herdamos”, frisou.

O presidente do IPE Saúde, Marcus Vinícius de Almeida, afirmou que o crescimento de R$ 250 milhões em arrecadação será ‘convertido em volume’ de R$ 240 milhões até final do ano na forma de pagamentos a maior aos prestadores. “Este investimento de agora de R$ 150 milhões vai se destinar exclusivamente a pagamento de contas ambulatoriais, serviços complementares e internações. Com isso, vamos reduzir o tempo de espera dos hospitais entre apresentação das contas médicas e sua liquidação”, destacou. Conforme Almeida, o objetivo é chegar a 2021 pagando em dia consultas médicas, pronto-atendimentos e serviços complementares, como laboratórios, clínicas de imagem e análise.

Fonte: Correio do Povo

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


AutoDJ

Piloto Automático

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

MC Kekel e MC Rita

Amor de verdade

02.

El Profesor

Bella Ciao (HUGEL Remix)

03.

Jetlag Music

Trem-Bala (feat. Ana Vilela)

04.

Robin Schulz & J.U.D.G.E.

Show Me Love

05.

Kell Smith

Nossa Conversa (Apollo 55 Remix)

Anunciantes